Olaf Blecker

- Quando você vai embora?
- Eu não quero ir embora!
- Não perguntei se você quer, perguntei quando?
- O que você diz? O que sabe disso? Não disse que vou.
- Sei que você vai.
- Por que você diz isso, assim?
- Porque sei.
- Desde quando? O que você pode saber?
- Desde sempre. Desde o início, quando vi você pela primeira vez, soube que partiria. Vi nos seus olhos.
- Eu amo você.
- Também sei disso. Eu também amo você. Mas também sei que esse amor não altera sua partida. Nem seu amor, nem meu amor, nem nosso amor por nosso amor.
- E o que eu faço? O que posso fazer?
- Partir.
- Não quero.
- Precisa.
- Por que preciso?
- Porque não pode ser de outro modo, para que você seja.
- E você?
- Eu já sou. 

Comentários