domingo, 9 de novembro de 2014

Melancolía 


Porque a Beleza está na efemeridade,
na transitoriedade de todas as coisas, 
na impermanência da Vida.

MP

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Marc Chagall

Anoitece na Aldeia

Anoitece na aldeia 
e numa animação de fábula
as pessoas recolhem às casas.

Das chaminés, pelos telhados
o fumo já faz parte da noite.

O amarelo das janelas
pontilha o preto.

O vento perdeu-se no bosque
e as crianças, nos cobertores
usufruem do medo.

Pelas imediações da aldeia
os lobos aproximam-se da realidade.


Daniel Maia-Pinto Rodrigues, in 'O Afastamento Está Ali Sentado'
imagem: Marc Chagall 


Despedida

Amanhece
e no espreguiçar dos olhos
absorvo a tontura do novo dia.

Ao sair do quarto
atravesso o branco sujo da manhã
e vou tomar café com muito açúcar.

Levo um pastel de Tentúgal para a varanda
e mastigo-o ouvindo as harpas da cidade.

E quando tu chegas de roupão
bebendo o teu cacau
explico-te o horizonte com barcos.

Daniel Maia-Pinto Rodrigues, in 'O Valete do Sétimo Naipe'


Kevin Slack


Victima de las filias.
Victima de las fobias.
Amar es un instante.
Odiar una eternidad.


Ángel Esteban Álvarez de Sotomayor

Oya (Oiá) é a divindade dos ventos, das tempestades e do rio Níger que, em iorubá, chama-se Odò Oya. Foi a primeira mulher de Xangô e...