domingo, 20 de julho de 2014



Foi lá, pela metade do século XVI, que Thomas More escreveu Utopia.

Foi lá, naquele tempo agora remoto e quase esquecido, que Utopia deixou de ser um ideal a ser alcançado e passou a ser o local do inacessível, o depósito das justificativas para sermos o que somos. 

Foi lá, pela metade do século XVI, que a humanidade percebeu que estava fadada ao fracasso.

MP

Nenhum comentário:

Oya (Oiá) é a divindade dos ventos, das tempestades e do rio Níger que, em iorubá, chama-se Odò Oya. Foi a primeira mulher de Xangô e...