“As Três Parcas”, Vieira Lusitano (1699-1783)


Enquanto isso...

As Moiras tecem, tecem, tecem...
Indiferentes, fiam.
No fundo da gruta, seus bordados brilham.
Átropos, a Velha, empunha, firme, a tesoura.

MP

Comentários