Faço minhas as palavras de Borges:


" Eu sempre imaginei que o Paraíso fosse algo assim como uma biblioteca."
Jorge Luís Borges
Buenos Aires, 24 de agosto de 1899 - Genebra, 14 de junho de 1986

Comentários